Objeto de Desejo


O Outono da Idade Média - Johan Huizinga - Editora Cosac Naify - 656 páginas e 320 ilustrações - Ensaios de Anton van der Lem e Peter Burke - Tradução de Francis Petra Janssen.

Mais um lançamento caprichado da Cosac Naify que, nesta edição em tiragem única de 5 mil exemplares, apresenta aos leitores brasileiros a obra de Johan Huizinga (1872 - 1945), publicada originalmente em 1919. Esta versão foi traduzida para o português a partir da edição especial holandesa Herfsttij der middeleeuwen de 1997 que acrescentou 320 imagens à edição original, a maior parte delas guardadas em arquivos e bibliotecas de difícil acesso (ver detalhes das imagens ampliadas clicando aqui). A ideia central é de que a Idade Média talvez não seja afinal a idade das trevas, como aprendemos a conhecê-la, e de que "não passaria de uma transição, longa e letárgica, entre o brilho da Antiguidade e o do Renascimento".

A Cosac Naify incluiu também uma entrevista com o historiador francês Jacques Le Goff e um ensaio biográfico de Huizinga, escrito pelo historiador britânico Peter Burke para discutir a abordagem do autor ao estilo de vida e pensamento medievais, da forma como foram reproduzidos na cultura, arte e religião nos séculos XIV e XV. Para ler o primeiro capítulo do livro, disponibilizado pela editora, basta clicar aqui. Quem estiver procurando um bom presente de Natal, recomendo como uma ótima dica.

10 comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Monólogo de Molly Bloom em Ulysses, "sim eu disse sim eu quero Sim"

20 personagens femininas da literatura mundial

Ian McEwan - Enclausurado

20 problemas que somente os apaixonados por livros podem entender

As 20 melhores distopias da literatura

Amós Oz e David Grossman avançam para a shortlist do Man Booker International Prize 2017