Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2010

Espinosa e o Deus Natureza

Imagem
"Pela decisão dos anjos e julgamento dos santos, excomungamos, expulsamos, execramos e maldizemos Baruch de Espinosa... Maldito seja de dia e maldito seja de noite; maldito seja quando se deita e maldito seja quando se levanta; maldito seja quando sai, maldito seja quando regressa... Ordenamos que ninguém mantenha com ele comunicação oral ou escrita, que ninguém lhe preste favor algum, que ninguém permaneça com ele sob o mesmo teto ou a menos de quatro jardas, que ninguém leia algo escrito ou transcrito por ele."O trecho acima faz parte do documento de excomunhão ou banimento do filósofo Baruch de Espinosa (1632 - 1677) da comunidade judaica de Amsterdam, emitido em 27 de julho de 1656. O que me fez relembrar Espinosa foi a citação de Benjamin Moser na biografia de Clarice Lispector sobre a concepção espinosiana da Natureza e esta influência na gestação de "Perto do Coração selvagem", primeiro romance de Clarice. Este pensamento resulta em que as mesmas regras que …

Final da Copa de Literatura Brasileira 2009

Imagem
Carola Saavedra com o seu Flores Azuis (Companhia das Letras - 168 páginas - publicação 2008), que ainda não tive o prazer de ler, levou o título da Copa de Literatura Brasileira (CLB), versão 2009, no "jogo" final contra Ronaldo Correia de Brito e o premiado romance Galiléia (Editora Objetiva - Selo Alfaguara - 236 páginas - publicação 2008, ver aqui resenha do Mundo de K) pelo placar folgado de 9 X 4. As resenhas dos jurados e comentários do público no site da Copa foram uma prova de fogo para os autores que tiveram seus livros verdadeiramente dissecados de todas as formas possíveis, pelo que escreveram ou deixaram de escrever, sendo que até mesmo os dois finalistas não conseguiram unanimidade, seja positiva ou negativa, nas avaliações. Concordando ou não com as análises da CLB 2009, temos que admitir que foi um exercício válido de expressão e que deve ser aprimorado e incentivado, desde que mantido o respeito pelo difícil trabalho dos escritores que tentam sobreviver de l…

Radiohead - No Surprises

Imagem
Já não é a primeira vez que falo sobre o Radiohead por aqui e, principalmente, sobre "OK Computer" que é um album com arranjos que sempre apresentam alguma novidade mesmo depois de várias audições. "No Surprises" (link para o vídeo original com Thom Yorke se afogando) é uma composição viciante e menos "badalada" do que as consagradas "Karma Police" e "Paranoid Android", mas que consegue transmitir uma parte da infinita melancolia de Thom Yorke e também do homem moderno, solitário e sem esperanças. As letras completas do Radiohead, por album, podem ser encontradas no endereço: "green plastic" e traduções estão disponíveis em vários sites, esta aqui é razoável. A versão abaixo é uma apresentação ao vivo no Festival de Glastonbury, 2003. No Surprises
(Radiohead OK Computer 1997)

A heart that's full up like a landfill,
a job that slowly kills you,
bruises that won't heal.
You look so tired-unhappy,
bring down the government,
the…

Imagens do Festival de Glastonbury 2009

Imagem
Selecionei estas fotos do site especial da BBC para o Festival de Glastonbury. A edição do Festival em 2010 estará comemorando 40 anos de 23 a 27 de Junho e já tem presença confirmada do U2. Fiquei na dúvida entre classificar esta postagem com o TAG de Música ou Fotografia. Vendo Neil Young na imagem acima confirmo que a era de Woodstock ainda não acabou (cliquem nas fotos para ver mais detalhes).

João Ubaldo Ribeiro - O Albatroz Azul

Imagem
João Ubaldo Ribeiro - O Albatroz Azul - Editora Nova Fronteira - 236 páginas - Publicação 2009.João Ubaldo Ribeiro, prêmio Camões 2008, está de volta com um novo e belo romance que, se não apresenta o mesmo nível experimental do revolucionário e violento Sargento Getúlio (1971) ou a discussão satírica sobre a identidade nacional presente no ambicioso Viva o Povo Brasileiro (1984), por outro lado nos mostra um autor que atingiu a maturidade e já pode simplesmente escrever sem se preocupar com prêmios e críticas literárias, agora escreve apenas com a motivação de contar uma boa história, coisa que ele domina como poucos e acaba nos trazendo, à medida que lemos, sempre um delicioso sorriso de ironia, fenômeno parecido ao que ocorre com poucos autores contemporâneos como Gabriel Garcia Marques em seu último Memórias de Minhas Putas Tristes ou José Saramago em Viagem do Elefante.A narrativa é ambientada na já famosa Ilha de Itaparica, Bahia, cenário de outros romances e crônicas do autor, …
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...