Postagens

Mostrando postagens de 2012

Gina & Matt

Imagem
Gina Triplett e Matt Curtius são dois ilustradores que se conheceram quando eram estudantes no Maryland Institute College of Art, onde ela cursava Ilustração e ele Artes. Desde então trabalharam muitas vezes juntos como no belo exemplo floral acima — recomenda-se clicar nas imagens para ver os detalhes. Parece que, no caso deles, a parceria artística ajudou a fortalecer a relação de casal (ou seria o contrário?), situação que eles mantêm há mais de dez anos, morando juntos hoje em dia na Philadelphia.
A lista de clientes deles é considerável, incluindo empresas como a American Express, Apple, Jeep e Starbucks; editoras consagradas como a Faber and Faber, Harper Collins, Penguin e Random House e ainda jornais como o New York Times e Washington Post. Outros trabalhos da dupla podem ser apreciados no site oficial ou nos sites: Frank Sturges Reps, Illoz,  Drawger e Altpick.

Diogo Mainardi - A Queda

Imagem
Diogo Mainardi - A Queda - As memórias de um pai em 424 passos - Editora Record - 152 páginas - lançamento 2012.
O antigo costume de ler as críticas corrosivas de Diogo Mainardi na sua ex-coluna semanal da revista Veja ou assistir aos polêmicos comentários no Manhattan Connection, pode gerar uma certa estranheza ao fato dele ter decidido contar a trajetória pessoal de amor exacerbado ao filho Tito, portador de paralisia cerebral devido a erros médicos durante o parto em um hospital de Veneza em 2.000. No entanto, é bom salientar que Mainardi é fiel durante toda a narrativa ao seu modo independente de pensar e até mesmo aos seus próprios erros, não se rendendo em nenhum momento ao estilo sentimental puro e simples que poderia facilmente nortear o texto. Mesmo assim ele consegue emocionar o leitor em muitos momentos pela autenticidade e coragem de expor a sua vida particular. "Montaigne era um pai dedicado. Em um de seus mais célebres ensaios, ele discorreu sobre o afeto paterno, os…

Playing for Change - Feliz 2013

Imagem
Mais uma produção da fundação Playing for Change que vale a pena divulgar, como sempre faço no final de cada ano. Especialmente esta versão acústica da clássica Gimme Shelter dos Rolling Stones que ganhou força e urgência na interpretação dos músicos de rua. Uma ideia que pode mudar o mundo é o que eles dizem e quem pode duvidar? Para conhecer mais detalhes sobre os músicos e a equipe de gravação deste vídeo visitem a página do episódio clicando aqui.

Obrigado novamente a todos os amigos que compartilharam essa linda obsessão pelos livros e demais coisas estranhas durante o ano que passou, espero sinceramente que possamos estar juntos no Mundo de K em 2013!

santidade e pecado

Imagem
As fotos do russo Oleg Dou, nascido em Moscou em 1983, me fazem sentir essa estranha sensação ambígua de santidade e pecado. Talvez ele tenha herdado da mãe pintora essa aptidão pela arte para obter resultados através da manipulação de arquivos de imagens digitais, transformando a pele dos modelos em superfícies de porcelana. Oleg Dou, apesar de ainda jovem, já tem trabalhos expostos em galerias da França, Bélgica, Espanha, Rússia e EUA. Mais detalhes sobre o fotógrafo neste vídeo e também em sua página no facebook.

Mesmo as imagens de crianças podem ser assustadoras quando elas parecem estar em alguma região entre a vida e a morte. Nas palavras do próprio artista em uma exibição na Coreia: "Eu utilizo as possibilidades artificiais da fotografia digital como uma ferramenta para alcançar o ponto entre opostos tais como vida e morte, atraente e perturbador, belo e feio". Melhor definição só mesmo pelas próprias obras.

Patricia Highsmith - O Talentoso Ripley

Imagem
Patricia Highsmith - O Talentoso Ripley - Editora Companhia das Letras (selo Companhia de Bolso) - 296 páginas - Tradução Alvaro Hattnher - Lançamento 03/04/2012 (ler aqui trecho em pdf disponibilizado pela editora).
Lançado originalmente em 1955, o romance "O talentoso Ripley" se tornou uma referência na literatura policial, gênero nem sempre respeitado pela crítica, mas enquadrar este romance em um único gênero, seja ele qual for, me parece uma injustiça com Patricia Highsmith (1921 - 1995) que criou um personagem inesquecível e cheio de contrastes. Tom Ripley tem uma personalidade dividida entre a fragilidade e ambição. Ele acaba conquistando os leitores porque é sensível e ao mesmo tempo dotado de uma inteligência analítica que utiliza para matar e assumir a identidade do jovem milionário Dickie Greenleaf na Europa.
O cinema ajudou muito a popularizar o livro que foi adaptado pela primeira vez em 1959 com o título no Brasil de "O sol por testemunha" pelo diretor …

Daniel Galera - Mãos de Cavalo

Imagem
Daniel Galera - Mãos de Cavalo - Editora Companhia das Letras - 192 páginas - Lançamento: 11/04/2006.
Foi com bastante atraso que tive o prazer de ler este festejado romance de Daniel Galera que impressiona pela segurança na narrativa e respeito aos detalhes, seja na pele de um menino de dez anos que descreve manobras arrojadas como o "Ciclista Urbano" ou como um escalador das vias mais difíceis e perigosas do país, Galera intercala capítulos que constituem fragmentos da história de um mesmo protagonista desde sua infância até a idade adulta.

Hermano é um cirurgião plástico, frustrado em sua profissão e também no casamento, um longo caminho o separa da infância e adolescência na Porto Alegre dos anos noventa, mas ele nunca conseguiu esquecer alguns eventos que marcaram sua personalidade para sempre. Então, enquanto dirige para encontrar o parceiro de uma arriscada escalada na Cordilheira dos Andes, pico de Cerro Bonete, região mais elevada do Altiplano Boliviano, está prestes …

Cristovão Tezza - O espírito da prosa

Imagem
Cristovão Tezza - O espírito da prosa - uma autobiografia literária - Editora Record - 224 páginas - lançamento 2012.
Cristovão Tezza escreveu este ensaio sobre romances e criação literária com uma característica autobiográfica muito rara no mercado editorial. De fato, é louvável a coragem com que o premiado autor descreve não apenas as suas influências literárias, fato bastante comum no ramo mas, sobretudo, o caminho espinhoso dos primeiros romances que nunca chegaram a ser publicados, as dúvidas e impasses até a descoberta do próprio estilo e o esforço para descobrir o que leva alguém a escrever. No caso do próprio Tezza:"um misto de infelicidade e esperança", como ele declara em uma das definições brilhantes deste livro e explica: "pessoas felizes não escrevem. Há um milhão de coisas mais interessantes à disposição dos felizes — por que diabos iriam eles largar os prazeres tranquilos da felicidade pela incerta e terrível solidão da escrita que, quando de fato assumida…

Vencedores do Prêmio Portugal Telecom 2012

Imagem
Foram anunciados os vencedores da 10ª edição do Prêmio Portugal Telecom de Literatura. Valter Hugo Mãe foi o vencedor na categoria romance e Nuno Ramos e Dalton Trevisan nas categorias poesia e contos/crônica, respectivamente:

Romance -A máquina de fazer espanhóis, Valter Hugo Mãe (Cosac Naify);
Poesia - Junco, Nuno Ramos (Iluminuras);

Conto/Crônica - O Anão e a Ninfeta, Dalton Trevisan (Record).
O escritor angolano radicado em Portugal, Valter Hugo Mãe foi o grande vencedor, levando também o prêmio de melhor livro do ano em uma escolha que considero muito justa (ver aqui resenha do Mundo de K para A máquina de fazer espanhóis) e se declarou "lerdo de felicidade" com a premiação. Este ano o Portugal Telecom foi bastante disputado com outros finalistas de ótimo nível como Michel Laub e Julián Fuks na categoria romance.

Tatiana Salem Levy - Dois rios

Imagem
Tatiana Salem Levy - Dois rios - Editora Record - 224 páginas - Lançamento 2011.
Com este último romance, Tatiana Salem Levy enfrenta o desafio de superar a sua excelente estreia com  A Chave de Casa que ganhou o prêmio São Paulo de Literatura, autor estreante em 2008.O livro é dividido em duas partes, narradas em sequência por Joana e Antônio, um casal de irmãos gêmeos, cada um com seu próprio ponto de vista, partindo de um evento trágico comum da infância, a morte precoce do pai quando eles tinham apenas doze anos. Enquanto a visão de Joana é mais centrada na história da família e no seu relacionamento com a mãe (um ponto semelhante com A Chave de Casa) que ela não abandonou após a morte do pai, a narrativa de Antônio é mais individualista, centrada nas suas experiências de fotógrafo em outros países. Existe, no entanto, um elo que une as duas histórias, a francesa Marie-Ange por quem os dois irmãos se apaixonam em épocas e lugares diferentes. A transição entre a abordagem feminina e…

20 romances eróticos que se tornaram clássicos

Imagem
Em conformidade com o recente interesse do mercado editorial em publicações eróticas, especialmete devido a uma certa trilogia de muito sucesso na tonalidade cinza, selecionei alguns clássicos muito bem escritos sobre este tema sempre presente na literatura universal. A ordem de aparecimento, como sempre, é apenas cronológica.
(01) Decameron (1352) - Giovanni Boccaccio (1313 - 1375);

(02) Moll Flanders (1722) - Daniel defoe (1660 - 1731);

(03) Fanny Hill (1748) - John Cleland (1709 - 1789);

(04) As Relações Perigosas (1782) - Choderlos de Laclos (1741 - 1803);

(05) Os 120 dias de Sodoma (1785) - Marquês de Sade (1740 - 1814);

(06) Madame Bovary (1857) - Gustave Flaubert (1821 - 1870);

(07) A Vênus das Peles (1870) - Leopold von Sacher-Masoch (1836 - 1895);

(08) Autobiografia de uma Pulga (1887) - Anônimo;

(09) Breve Romance de Sonho (1926) - Arthur Schnitzler ( 1862 - 1931);

(10) O amante de Lady Chatterley (1928) - D.H. Lawrence (1885 - 1930);

(11) História do Olho (1928) - Georges Bataille (18…

Michel Laub - Diário da Queda

Imagem
Michel Laub - Diário da Queda - Editora Companhia das Letras - 152 páginas - Lançamento 14/03/2011 (ler aqui trecho do romance disponibilizado pela Editora).

Michel Laub, neste seu quinto romance, lida pela primeira vez com a herança cultural legada por sua ascendência judáica em um livro sobre a memória, não apenas a memória individual, mas também a memória coletiva de três gerações de uma família que tem a história marcada pelo holocausto. Um tema bastante complexo e que ainda apresenta a dificuldade de encontrar um ponto de vista original, que não tenha se esgotado, longe do tom de vitimização tão comum e já abordado na literatura por autores como Primo Levi. O próprio Michel Laub deixa clara a impossibilidade, mas, ao mesmo tempo, a necessidade de discutir essa herança e os efeitos dela na formação do seu personagem no trecho abaixo:
"Eu também não gostaria de falar desse tema. Se há uma coisa que o mundo não precisa é ouvir minhas considerações a respeito. O cinema já se enca…

Rodrigo de Souza Leão

Imagem

Charles Dickens - Grandes Esperanças

Imagem
Charles Dickens - Grandes Esperanças - Editora Companhia das Letras - Selo Penguin Companhia - 704 páginas - Tradução de Paulo Henriques Britto - Introdução de David Trotter e Notas de Charlotte Mitchell, lançamento 26/06/2012 (ler aqui trecho do romance disponibilizado pela Editora).
Gosto muito de ler autores contemporâneos, sempre na expectativa de descobrir novas estruturas narrativas e ideias originais que ajudem a refletir sobre a sociedade atual e o momento histórico que estamos vivendo. No entanto, a chance de ler um romance clássico como Grandes Esperanças de Charles Dickens (1812 - 1870), em excelente tradução de Paulo Henriques Britto, é uma experiência única que nos faz entender o motivo da verdadeira literatura ser uma arte atemporal e permanente. Principalmente, neste ano em que comemoramos 200 anos do nascimento de Dickens (visitar o site oficial clicando aqui), constatamos que, apesar das novidades tecnológicas, o homem não mudou a sua essência e permanece envolvido com…

Cadernos de Literatura

Imagem
O Instituto Moreira Salles liberou em seu site mais edições digitalizadas dos Cadernos de Literatura Brasileira. Siga o link para ter acesso aos Cadernos de Machado de Assis, Euclides da Cunha, Mario Quintana e Ferreira Gullar. A série apresenta entrevistas, ensaios, depoimentos, manuscritos inéditos e registros fotográficos sobre os principais autores brasileiros. Esta é uma postagem de utilidade pública!
Segundo informações do site, o Instituto Moreira Salles (IMS) é uma entidade civil sem fins lucrativos que tem por finalidade exclusiva a promoção e o desenvolvimento de programas culturais. Seu acervo reúne cerca de 550 mil fotografias, 100 mil músicas (entre as quais, 25 mil gravações digitalizadas), uma biblioteca com 400 mil itens (quase 90 mil deles catalogados) e uma pinacoteca com mais de três mil obras. O projeto de digitalização dos Cadernos de Literatura foi iniciado em maio de 2011 com as edições de Carlos Heitor Cony, Clarice Lispector, Érico Veríssimo e Millôr Fernandes …

Umas flores no meio do caminho - "Dia D" 2012

Imagem
Mais uma vez é chegado o momento de comemorar o aniversário do poeta Carlos Drummond de Andrade (1902 - 1987) que faria 110 anos no dia 31 de outubro. O “Dia D” foi criado com este objetivo no ano passado em uma iniciativa do Instituto Moreira Salles, coordenada pelo poeta Eucanaã Ferraz e pelo jornalista Flávio Moura, co-curador da homenagem a Drummond na Flip 2012. Estão previstos diversos eventos em Brasília, Belo Horizonte, Itabira, Lisboa, Paraty, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo (ver agenda completa na página do “Dia D”, clicando aqui).

Ausência
(Carlos Drummond de Andrade)

Por muito tempo achei que a ausência é falta. 
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo. 
Não há falta na ausência. 
A ausência é um estar em mim. 
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços, 
que rio e danço e invento exclamações alegres, 
porque a ausência, essa ausência assimilada, 
ninguém a rouba mais de mim.

Christy Lee Rogers

Imagem
Quando a conceituada gravadora alemã de música clássica Deutsche Grammophon escolheu o trabalho da fotógrafa havaiana Christy Lee Rogers para o projeto gráfico de um “Box” com 50 CDs de música barroca: The All-Baroque Box - from Monteverdi to Bach, chamou a atenção para o estilo dessa artista que lida com luz e sombras, como nas pinturas de Caravaggio, mas sempre com uma particular obsessão por fotos em ambientes aquáticos noturnos. As cores parecem se fortalecer devido aos contornos distorcidos das imagens, transmitindo um efeito dramático muito bonito. As fotos de Christy são exibidas em galerias nos Estados Unidos e Europa e já foram publicadas em revistas como a Harper’s Bazaar Art China e Photo Technique, entre outras (ela está inclusive na Casa Vogue do Brasil, edição de outubro 2012).
As imagens abaixo (clique para ampliá-las) são da próxima exibição de Christy Lee Rogers, "Reckless Unbound", prevista para iniciar em 10 de novembro em Los Angeles, cidade em que ela res…

Nicanor Parra

Imagem
O chileno Nicanor Parra, de 98 anos, "antipoeta" como ele mesmo se define é também físico e matemático. Seu livro mais famoso, Poemas e Antipoemas (1954), se tornou um clássico da literatura latino-americana. Ele foi vencedor do Prêmio Cervantes de Literatura 2011 e é considerado um dos maiores poetas chilenos, ao lado de Pablo Neruda, Gabriela Mistral e Vicente Huidobro. 

Segundo Carlos Nejar, no excelente artigo "Nicanor Parra e VInicius de Moraes", publicado em edição bilingue pela Academia Brasileira de Letras e Academia Chilena de la Lengua (imperdível, sigam este link): "Nicanor Parra, rebelde, contrário ao sistema que impõe suas regras, às vezes estranho, fantástico, antissentimental, forjou seus antipoemas, ainda que 'com odor delicado de violetas', para expressar seu descontentamento com o rumo da literatura tradicional, operando com força desmistificadora. (...) o antipoema abriga a poesia ao avesso, poesia integralmente, sem rasuras, caminha…

Feira do Livro de Frankfurt 2013

Imagem
O Brasil será o convidado de honra da próxima Feira do Livro de Frankfurt, o maior encontro mundial do setor editorial, no período de 9 a 13 de outubro de 2013. Será a segunda vez que o país receberá esta homenagem (a primeira foi em 1994).
Ao anunciar o slogan “Brazil in Every Word”, Galeno Amorim, presidente da Fundação Biblioteca Nacional (FBN) e chefe do comitê organizador, informou que a comitiva brasileira em Frankfurt será constituída por pelo menos 70 escritores de diferentes gêneros e regiões do país. Maiores informações sobre o planejamento do evento no blog da Biblioteca Nacional e no site do evento em português, inglês e alemão. 
A participação do Brasil na Feira de Frankfurt de 2012 foi bastante positiva conforme o texto “Orgulho de Editor” publicado por Luiz Schwarcz hoje no blog da Companhia das Letras, onde ele comenta o sucesso nas negociações dos romances de escritores brasileiros contemporâneos como Daniel Galera e Michel Laub. O status de convidado de honra em 2013, …

Hilary Mantel - Booker Prize 2012

Imagem
A romancista britânica Hilary Mantel, de 60 anos, se tornou a primeira mulher a ganhar duas vezes o Man Booker Prize (J.M. Coetzee e Peter Carey já haviam conseguido esta proeza antes). O romance premiado de 2012 é "Bring up the Bodies", segunda parte da trilogia histórica iniciada por "Wolf Hall" - prêmio Booker de 2009 (publicado no Brasil pela editora Record). Os dois primeiros romances e o terceiro, "The Mirror and the Light", que ela está escrevendo agora, contam a vida de Thomas Cromwell (1485 -1540), primeiro-ministro do rei Henrique VIII.
"Você espera 20 anos por um Booker e então dois vêm de uma vez só", declarou Hilary Mantel que ganhou 50.000 libras (cerca de 62.624 euros) com o título do Booker Prize 2012.

Virginia Woolf - A medida da vida - Herbert Marder

Imagem
Virginia Woolf - A medida da vida - Herbert Marder - Editora Cosac Naify - 584 páginas - Tradução de Leonardo Fróes - Projeto Gráfico de Gabriela Castro e Maria Carolina Sampaio - lançamento novembro de 2011.
Herbert Marder escreveu o melhor tipo de biografia possível, aquela na qual o pesquisador decide "não especular sobre fatos, mas confiar nas evidências das cartas, diários e outras fontes da época". Virginia Woolf (1882 - 1941), que se considerava "a mais verdadeira das pessoas", felizmente deixou inúmeras cartas e anotações que, juntamente com seus principais romances: "Mrs. Dalloway" (1925), "Passeio ao Farol" (1927), "Orlando" (1928), "As Ondas" (1931), "Os Anos" (1937) e "Entre os Atos" (1941),  ajudam a explicar, tanto a sua trajetória artística quanto os problemas pessoais e de saúde associados com a bipolaridade e os transtornos maníaco-depressivos que a levaram a afirmar, em uma de suas frases …
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...