James Joyce - Ulysses

James Joyce - Ulysses - Editora Companhia das Letras - Selo Penguin Companhia - 1112 páginas - Tradução de Caetano W. Galindo - Introdução de Declan Kiberd - Coordenação editorial de Paulo Henriques Britto (ler aqui um trecho em pdf disponibilizado pela editora).

Um dos livros mais importantes na história da literatura e certamente o mais influente romance do século XX, Ulysses do irlandês James Joyce, é baseado na Odisseia de Homero, mas ambientado em Dublin e narrando um dia na vida de Leopold Bloom, sua esposa Molly e seu amigo Stephen Dedalus. Este dia, 16 de junho de 1904, passou a ser comemorado mundialmente como o "Bloomsday" em homenagem ao protagonista Leopold Bloom e ao romance que criou o "fluxo de consciência", permanecendo moderno mesmo após 90 anos de sua criação.

Esta é a terceira tradução de Ulisses publicada no Brasil, a primeira e desbravadora edição da Civilização Brasileira, foi lançada em 1966 e contou com a tradução do filólogo Antonio Houaiss. Mais recentemente, em 2005, a Editora Objetiva lançou a tradução de Bernardina da Silveira Pinheiro e agora a Companhia das Letras oferece esta nova versão de Caetano W. Galindo que já traduziu autores como Charles Darwin, Thomas Pynchon, Tom Stoppard e David Foster Wallace. Uma característica importante desta última versão foi ter suprimido as notas de rodapé e deixado o texto de James Joyce correr ao sabor da leitura, mesmo em suas partes mais incompreensíveis.

Ulysses não é um livro para ser lido no metrô, ele exige muita concentração ao longo de suas 1112 páginas e a enorme variedade de palavras inventadas, citações, neologismos e referências históricas. Por outro lado, não precisa ser encarado como um quebra-cabeças literário e pode ser apreciado também sem preconceitos e por uma de suas características principais, o bom humor. Bem, seria ridículo tentar resenhar este romance em um espaço tão limitado, escrevo esta postagem enquanto releio mais uma vez o Ulisses e desejo aos visitantes do blog um feliz Bloomsday.
4 comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Monólogo de Molly Bloom em Ulysses, "sim eu disse sim eu quero Sim"

20 personagens femininas da literatura mundial

20 problemas que somente os apaixonados por livros podem entender

Ian McEwan - Enclausurado

As 20 melhores distopias da literatura

Amós Oz e David Grossman avançam para a shortlist do Man Booker International Prize 2017