domingo, novembro 18, 2012

20 romances eróticos que se tornaram clássicos


Em conformidade com o recente interesse do mercado editorial em publicações eróticas, especialmete devido a uma certa trilogia de muito sucesso na tonalidade cinza, selecionei alguns clássicos muito bem escritos sobre este tema sempre presente na literatura universal. A ordem de aparecimento, como sempre, é apenas cronológica.

(01) Decameron (1352) - Giovanni Boccaccio (1313 - 1375);

(02) Moll Flanders (1722) - Daniel defoe (1660 - 1731);

(03) Fanny Hill (1748) - John Cleland (1709 - 1789);

(04) As Relações Perigosas (1782) - Choderlos de Laclos (1741 - 1803);

(05) Os 120 dias de Sodoma (1785) - Marquês de Sade (1740 - 1814);

(06) Madame Bovary (1857) - Gustave Flaubert (1821 - 1870);

(07) A Vênus das Peles (1870) - Leopold von Sacher-Masoch (1836 - 1895);

(08) Autobiografia de uma Pulga (1887) - Anônimo;

(09) Breve Romance de Sonho (1926) - Arthur Schnitzler ( 1862 - 1931);

(10) O amante de Lady Chatterley (1928) - D.H. Lawrence (1885 - 1930);

(11) História do Olho (1928) - Georges Bataille (1897 - 1962);

(12) Voragem (1930) - Junichiro Tanizaki (1886 - 1965);

(13) Trópico de Câncer (1934) - Henry Miller (1891 - 1980);

(14) Lolita (1955) - Vladimir Nabokov (1899 - 1977);

(15) Asfalto Selvagem: Engraçadinha (1959) - Nelson Rodrigues (1912 - 1980);

(16) A casa das Belas Adormecidas (1961) - Yasunari Kawabata (1899 - 1972);

(17) Delta de Vênus (1978 - póstumo) - Anaïs Nin (1903 - 1977);

(18) O Amante (1984) - Margarite Duras (1914 - 1996);

(19) Os Cadernos de Don Rigoberto (1997) - Mario Vargas Llosa (1936 - );

(20) A Casa dos Budas Ditosos (1999) - João Ubaldo Ribeiro (1941 - ).

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
>