Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2012

Flavio Quintale - Os Peppini

Imagem
Flavio Quintale - Os Peppini - 332 páginas - Editora Vieira da Silva (Lisboa, Portugal) - Lançamento 2012 (visitar o site do livro aqui).
Segundo Leon Tolstói nos ensinou na famosa introdução de Anna Karenina: "Todas as famílias felizes são parecidas entre si. As infelizes cada uma a sua maneira". Esta ficção de estreia de Flavio Quintale parece comprovar a afirmação de Tolstói ao narrar a trajetória de quatro gerações da família Peppini no Brasil, tendo como pano de fundo a nossa própria história durante o século XX. 

Os Peppini são realmente infelizes à sua própria maneira, seja em conflitos internos, movidos pela ambição ou até mesmo pela mútua antipatia como, por exemplo, entre sogras e noras, eles buscam encontrar o seu lugar no mundo, sempre perseguidos por ilusões ou desilusões.

O romance é um bom símbolo da nossa capacidade de miscigenação, prática genuinamente brasileira, que originou tantas famílias como esta, decorrente do improvável encontro de Giovanni Peppini,…

Haruki Murakami - Minha Querida Sputnik

Imagem
Haruki Murakami - Minha Querida Sputnik - 232 páginas - Editora Objetiva, Selo Alfaguara - Tradução da versão em inglês de Ana Luiza Dantas Borges - Lançamento no Brasil 2008 (lançamento original no Japão em 1999, tradução para o inglês em 2001).
Haruki Murakami é um dos escritores contemporâneos japoneses mais populares no ocidente, tendo se tornado uma espécie de autor "cult" e até mesmo cogitado para o Nobel de Literatura nos últimos anos. O seu estilo difere da maioria dos autores japoneses tradicionais, tanto em relação aos temas quanto à técnica narrativa. Encontramos algum paralelo apenas em Junichiro Tanizaki (1886 - 1965), talvez ainda o mais moderno dos autores japoneses, no verdadeiro sentido da palavra. Esta é a história de Sumire uma jovem de 22 anos que sonha em ser escritora de romances. Ela está totalmente concentrada nesta meta, em uma fase "Jack Kerouac", e chega a abandonar a faculdade para se dedicar integralmente aos seus textos quando, rep…

Rob Hefferan

Imagem
Poderia dizer que o inglês Rob Hefferan tem uma saudável obsessão pelo corpo feminino que ele representa com riqueza de detalhes em um estilo fotográfico e hiper-realista mas, ao mesmo tempo, sem deixar de lado uma certa atmosfera romântica (os exemplos desta postagem bem poderiam ilustrar um romance de Jane Austen, apesar de um pouco arrojados para a era pré-vitoriana). Seja em desenhos à grafite ou pinturas à óleo e acrílico Rob Hefferan sempre surpreende pela beleza das suas imagens. Vejam aqui dois vídeos demonstrando a técnica de Rob Hefferan em ação, exemplos de criações como ilustrador comercial no seu site e sua página no facebook com uma seleção de tirar o fôlego.

Nova Antologia do Conto Russo (1792 - 1998)

Imagem
Nova Antologia do Conto Russo (1792 - 1998) - 648 páginas - Editora 34 - Organização de Bruno Barretto Gomide - Tradução de Boris Schnaiderman e outros - Lançamento 2011.
A editora 34 lançou, no final do ano passado, uma Antologia que é um presente para os leitores em língua portuguesa, reunindo autores já conhecidos do grande público, em traduções inéditas e diretas do idioma russo, como Púchkin, Gógol, Dostoiévski, Turguêniev, Tchekhov, Tolstói, Górki, Pasternak, Bábel e Nabókov e também outros francamente desconhecidos como Gárchin, Odóievski, Katáiev, Grin, Chalámov, Kharms e Platónov (ver aqui a relação completa de contos e autores). Edição muito bem cuidada e que apresenta um resumo de cada conto no contexto histórico em que foi criado, além de introdução de Bruno Barretto Gomide e biografia resumida de cada um dos tradutores.

Uma seleção de quarenta contos, sendo apenas um para cada autor, o que me leva a pensar nas dificuldades do organizador para escolher apenas um conto no c…
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...