segunda-feira, março 23, 2015

Junot Díaz - The Brief and Wondrous Life of Oscar Wao


Junot Díaz - The Brief and Wondrous Life of Oscar Wao - 339 páginas - Editora Riverhead Books - lançamento 2007 (publicado no Brasil pela Editora Record em 2009 com o título de  "A Fantástica Vida Breve de Oscar Wao", tradução de Flávia Rössler).

Este livro do escritor dominicano Junot Díaz foi o vencedor dos prêmios: National Book Critics Award de 2007Pulitzer de Ficção de 2008 e ainda escolhido recentemente pelo site de cultura da BBC como o melhor romance do século XXI até o momento. O autor conta a saga de três gerações de uma família imigrante da República Dominicana vivendo nos EUA, cujo último representante é o nosso protagonista adolescente Oscar de León, ou Oscar Wao como é chamado de gozação pelos colegas. Na verdade, ele é um típico "nerd" que sofre todo o tipo de perseguições na escola devido à sua obesidade e gosto bizarro por livros e filmes de ficção científica, quadrinhos e games. O sonho de Oscar é perder a virgindade, tarefa praticamente impossível considerando o seu isolamento e falta de jeito com as mulheres. Ele mora com a mãe Belícia e a irmã mais velha, Lola, em um subúrbio de New Jersey.

O melhor do romance, no entanto, não está nas desventuras sociais e amorosas de Oscar, mas sim na história da família que se confunde com os anos de terror da ditadura do General Rafael Leónidas Trujillo que governou a República Dominicana entre 1930 e 1961. A origem da maldição caribenha que assola a família, chamada de "fukú" (inclusive causa dos problemas do nosso anti-herói, na opinião do próprio) tem início quando o médico Abelard Luis Cabral, avô de Oscar, é perseguido por Trujillo ao se recusar a entregar as filhas para satisfazer os desejos sexuais do ditador, prática normal na época. Ele é preso, torturado e perde todas as suas propriedades, assim como a mulher e as duas filhas. Belícia, a terceira filha sobrevivente é vendida como escrava, mas acaba sendo salva por uma tia (La Inca) e, depois de passar por vários problemas, inclusive um tórrido caso amoroso com um gangster, casado com ninguém menos que a irmã de Trujillo (mais um evento provocado pelo "fukú"), foge para os EUA onde vem a se tornar a mãe de Oscar e Lola.

Narrado em terceira pessoa por Yunior, colega de quarto de Oscar e namorado de Lola e misturando gírias e palavrões em inglês e espanhol, o livro é um desafio para ser lido na edição original em inglês (Junot Díaz escreve em inglês e não em espanhol), mas no final muito compensador porque esta linguagem confusa reflete a realidade do imigrante hispânico, dividido entre duas culturas. O romance de Díaz consegue apresentar algo de novo no cenário da literatura latino-americana, descobrindo novas variações no caminho aberto por Gabriel Garcia Márquez e Mario Vargas Llosa.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
>