sexta-feira, março 06, 2015

Yasutaka Tsutsui - Hell

Yasutaka Tsutsui - Hell - 199 páginas - editora Alma Books (lançamento 2008) - tradução de Evan Emswiler.

O inferno imaginado por Yasutaka Tsutsui é um lugar muito parecido com o mundo real, tanto assim que os personagens que chegam por lá nem parecem perceber que já não pertencem ao mundo dos vivos, exceto pela ausência de emoções e sentimentos negativos que costumavam acumular em suas existências passadas.

Em nenhum momento fica claro para o leitor quais os critérios, religiosos ou morais, que definem a passagem para este lugar onde "convivem" gangsters da Yakuza, homens de negócios, atores ou simplesmente motoristas de taxi. Os personagens têm a capacidade de ler as mentes uns dos outros e presenciar momentos de suas vidas anteriores. Uma idealização do mundo das sombras sem a conotação de punição e sofrimento de outras obras da literatura. Na verdade, muito mais um purgatório no sentido ocidental do termo.

Nobutero, Yuzo e Takeshi são três amigos que dividem um passado comum, um acidente decorrente de uma brincadeira na infância, que provocou a invalidez de Takeshi. Os três, após muitos anos de afastamento, irão se reencontrar no inferno, um lugar onde o tempo e espaço tem um significado diferente.

Yasutaka Tsutsui é muito popular no Japão como autor de ficção científica tendo, no entanto, apenas dois outros livros traduzidos para o inglês: “Paprika” e “Salmonella Men on Planet Porno”. O fino humor negro de Tsutsui e a sua tendência à sátira social, fazem com que seja comparado à Kurt Vonnegut pela resenha do jornal inglês Guardian, nada mal para um autor praticamente desconhecido no ocidente.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
>