quarta-feira, junho 10, 2015

Prêmio Princesa das Astúrias de Literatura 2015


O escritor cubano Leonardo Padura ganhou o Prêmio Princesa das Astúrias de Literatura 2015 (antigo prêmio Príncipe das Astúrias, renomeado após a abdicação de Dom Juan Carlos da monarquia). Leonardo Padura é conhecido por seus romances policiais e a criação do personagem Mario Conde. No Brasil, o trabalho dele foi bastante divulgado por conta de seu romance histórico O homem que amava os cachorros (lançado pela Boitempo Editorial em Dezembro de 2013).

A organização considerou a obra do autor como "uma soberba aventura do diálogo e da liberdade", além de "mostrar os desafios e os limites na busca da verdade. Uma exploração impecável da história e de seus modos de contá-la"Sobre a questão da influência política na escolha, em função da recente onda de reaproximação de Cuba com os EUA, Leonardo Padura já havia declarado nesta entrevista à New Yorker, em 2003, que "não tem qualquer militância, nem com o Partido, nem com a dissidência", declarou ainda que "nunca deixou Cuba porque é um escritor cubano e não poderia ser outra coisa".

Os três últimos vencedores desta premiação, criada em 1981, foram o irlandês John Banville (2014), o espanhol Antonio Molina (2013) e o norte-americano Philip Roth (2012). A brasileira Nélida Piñon foi agraciada em 2005 (Conheça aqui todos os autores laureados desde 1981).
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
>