Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2016

Fotografias de Lee Chapman que contam histórias de Tóquio

Imagem
Na foto acima, o proprietário de um bar em Tóquio há mais de quarenta anos e seu freguês fiel que se tornou um amigo ao longo do tempo. As fotos do inglês Lee Chapman, disponíveis no seu blog Tokyo Timesou no site oficialregistram flagrantes das ruas da capital japonesa onde o moderno tropeça no tradicional a todo o instante e as imagens nos contam histórias que bem poderiam inspirar excelentes romances. Quando não está trabalhando como professor de inglês, Chapman caminha pelas ruas de Tóquio, onde vive desde 1998, em busca de histórias e pontos turísticos que mesmo os residentes de longa duração desconhecem.
Muitas fotos têm como cenário os minúsculos bares, onde a tradição japonesa é desfrutar o happy hour com colegas de trabalho e muita cerveja. Nestes ambientes descontraídos a rígida disciplina japonesa pode ser aliviada por alguns momentos (até o horário de fechamento do metrô, pelo menos). O fotógrafo sempre parece buscar mais as pessoas do que os cenários, para conhecer mais do…

Mia Couto - Vozes Anoitecidas

Imagem
Mia Couto - Vozes Anoitecidas - Editora Companhia das Letras - 152 páginas - Lançamento no Brasil:  17/10/2013.

Publicado originalmente em 1987, "Vozes Anoitecidas" foi a primeira coletânea de contos de Mia Couto. Na época, já conhecido como jornalista e poeta, ele surpreendeu público e crítica com as doze narrativas deste livro, onde já estavam presentes todos os elementos que marcaram o estilo único do escritor moçambicano ao longo de sua carreira que culminou com o recebimento do prêmio Camões em 2013. Aqui encontramos o exercício de recriação da linguagem e a invenção de palavras que lembra muito o nosso Guimarães Rosa, utilizando uma mistura de poesia e sonoridade do português coloquial da África, sempre norteado pela preocupação com os problemas sociais que ficam evidentes quando se faz a ligação entre a rica tradição do folclore e a dura realidade atual das ex-colônias. Como bem definiu o poeta conterrâneo José Craveirinha no prefácio à edição portuguesa, "Mia Cou…

Por que Raduan Nassar abandonou a literatura?

Imagem
Como todos sabem, Raduan Nassar após ter sido finalista do Man Booker International Prize este ano com a tradução de Um Copo de Cólera, foi honrado com a premiação literária mais importante da língua portuguesa, o Prêmio Camões de literatura 2016, uma escolha de certa forma surpreendente mesmo para o próprio premiado que declarou com alguma ironia não entender os motivos da escolha da organização já que a sua obra se limitava a "um livro e meio". Segundo os jurados, Raduan "privilegia a densidade acima da extensão" o que é a mais pura verdade, diga-se de passagem.

O autor, que já completou 80 anos, vive recluso e se recusa a dar entrevistas desde os anos 1980 quando decidiu abandonar a literatura após escrever dois romances clássicos: Lavoura Arcaica (1975) e Um Copo de Cólera (1978). O afastamento por tantos anos do mercado editorial e de todo o entorno de festivais, noites de autógrafos e exposição na mídia, não reduziu em nada o interesse do público em sua obra, …

Clarice Lispector - Todos os Contos

Imagem
Clarice Lispector - Todos os Contos - Editora Rocco - 656 páginas - Prefácio e Organização de Benjamin Moser (lançamento Maio de 2016).

Uma bela e merecida homenagem à obra de Clarice Lispector que recebe pela primeira vez no Brasil um tratamento editorial compatível com a importância da sua obra. A antologia, lançada nos Estados Unidos no ano passado, foi relacionada na lista dos melhores livros de 2015 além de ter sido escolhida como uma das 12 melhores capas do ano, ambas as premiações pelo prestigiado New York Times. Em 2016 já levou o Pen Translation Prize de melhor tradução, provando que a sua trajetória internacional está apenas começando.Esta versão conta com um apaixonado prefácio ("Glamour e gramática") do seu melhor e mais fiel biógrafo, o escritor, editor, crítico e tradutor Benjamin Moser, que foi o grande responsável pela divulgação da autora no mercado internacional, lançando em 2009 "Why This World: A Biography of Clarice Lispector" (traduzido no Br…

Exposição World Press Photo 2016 no Rio de Janeiro

Imagem
A exposição que reúne as fotos premiadas em nove categorias da edição de 2016 do concurso internacional World Press Photo está em cartaz no Rio de Janeiro até 19 de junho nas instalações da CAIXA Cultural. A foto acima, Hope for a New Life, do australiano Warren Richardson foi a grande vencedora e capta um momento dramático na fronteira entre Sérvia e Hungria onde, através de um buraco na cerca de arame farpado, um bebê é passado a um refugiado sírio que já havia conseguido cruzar a fronteira. Segundo Francis Kohn, presidente do júri, "a imagem tem quase todos os elementos necessários para se entender o que está acontecendo com os refugiados. É uma foto clássica e, ao mesmo tempo, atemporal". Infelizmente as fotos vencedoras deste concurso nem sempre são agradáveis de se ver, mas isto não é culpa da organização nem dos fotógrafos.

A foto acima, China's Coal Addiction, do canadense Kevin Frayer, primeira colocada na categoria "Vida Cotidiana", apresenta uma visão…
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...