Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2016

Svetlana Aleksiévitch - A guerra não tem rosto de mulher

Imagem
Svetlana Aleksiévitch - A guerra não tem rosto de mulher - Editora Companhia das Letras - 392 páginas - Tradução direta do russo de Cecília Rosas - Lançamento no Brasil: 17/06/2016.
Uma frase famosa, atribuída a George Orwell, nos ensina que: “A história é escrita pelos vencedores”, é verdade, mas também sempre por homens e sobre os homens. Svetlana Aleksiévitch, Prêmio Nobel de Literatura 2015, tentou resgatar o testemunho das vozes femininas, por meio de depoimentos de soldadas soviéticas que lutaram na Segunda Grande Guerra, e não somente como enfermeiras, uma versão mais tradicional da participação feminina em guerras, mas sim atuando na resistência e na frente de batalha,  como franco-atiradoras, pilotando tanques e até mesmo aviões de combate. Estima-se que no Exército Vermelho lutaram aproximadamente 1 milhão de mulheres. Para elas, havia não somente o medo de morrer, mas a angústia de precisar matar e destruir, nada mais contrário à essência de criação da mulher, a própria gera…

Longlist do Man Booker Prize 2016

Imagem
Divulgada a Longlist com os 13 finalistas da edição 2016 do Man Booker Prize. Este ano vai ser difícil algum autor levar o prêmio de J.M. Coetzee, prêmio Nobel de Literatura 2003 e único escritor que já ganhou por duas vezes o Man Booker (1983 e 1999). De qualquer forma, os juízes da organização sempre gostam de preparar algumas surpresas. Segundo matéria do Guardian, nesta versão não foram escolhidos alguns nomes fortes como: Ian McEwan, Julian Barnes, Rose Tremain, Edna O´Brien, Thomas Keneally, Don DeLillo e Jonathan Safran Foer. A próxima etapa da premiação será o anúncio da seleção de seis livros para a Shortlist a ser divulgada em 13 de setembro, concorrendo ao prêmio de 50.000 libras que será divulgado em 25 de outubro. Segue a Longlist de 2016:Paul Beatty (EUA) - The SelloutJ.M. Coetzee (África do Sul-Australia) - The Schooldays of JesusA.L. Kennedy (UK) - Serious SweetDeborah Levy (UK) - Hot MilkGraeme Macrae Burnet (UK) - His Bloody ProjectIan McGuire (UK) - The North WaterD…

Alice Munro - O amor de uma boa mulher

Imagem
Alice Munro - O amor de uma boa mulher - Editora Companhia das Letras - 376 páginas - Tradução de Jorio Dauster - Lançamento no Brasil: 20/05/2013.

O que eu mais gosto em Alice Munro, Nobel de Literatura 2013, é o respeito à inteligência do leitor. Ela valoriza a experiência de interpretações múltiplas de seus contos, desafiando a tarefa de elaborar uma resenha objetiva e completa, pois parece nunca repetir uma estrutura narrativa, seja por meio de inversões na passagem do tempo, uso de diferentes vozes ou simplesmente com inesperadas mudanças na condução da trama, os seus contos surpreendem e alcançam regiões de nossa sensibilidade com efeitos que mesmo os longos romances não conseguem obter. No entanto, precisamos pagar o preço que o entendimento de sua obra exige, ou seja, uma leitura atenta e dedicada, não só na arquitetura dos seus textos, mas também na sutileza da construção psicológica de cada personagem, sob o risco de perdermos o brilhantismo da ficção, ou o pecado de escrever…

Péter Esterházy (1950–2016)

Imagem
"As palavras são sempre insuficientes e nós podemos sempre tomá-las como esperança. Mas contra a morte elas não ajudam. Talvez possam servir contra a dor que se sente em relação à morte. Mas a literatura não é um meio de curar a dor, como uma aspirina contra a dor de cabeça. A literatura não é prática, mas perigosa." - Entrevista à Folha durante a FLIP 2011

As ilustrações digitais de Ilya Kuvshinov

Imagem
O ilustrador russo Ilya Kuvshinov reside em Yokohama no Japão onde parece encontrar inspiração para as suas imagens de modelos jovens e sensuais no melhor estilo mangá de história em quadrinhos e videogames. Apesar de suas ilustrações estarem fartamente disponíveis na internet, não é fácil conseguir informações biográficas do artista. Para conhecer mais do seu trabalho sigam os links e visitem as suas páginas no facebookDeviantArt ou behance. Adicionalmente, o seu método de criação digital pode ser acompanhado no site patreon com tutoriais sobre a técnica com photoshop, imperdível.

20 livros para entender melhor o Rock

Imagem
Hoje o blog da Companhia das Letras, motivado pelo dia do Rock, publicou uma postagem sobre livros relacionados ao universo dos grandes astros da música, seja na forma de antologia de letras, biografias ou até mesmo romances, obviamente todos lançados pela editora. Aproveito a oportunidade para ampliar um pouco a lista dentro do mesmo foco. A seleção inclui artistas de estilos tão diferentes quanto Dylan e Morrissey, mas todos apresentam em comum um apurado senso artístico e originalidade. Como toda lista, esta também é cheia de omissões, mas reflete unicamente o meu gosto pessoal. Procurei destacar apenas os livros já traduzidos para o português obedecendo a ordem cronológica de lançamento no país de origem (sigam os links para maiores detalhes de cada obra).

(01) Buried Alive: The Biography of Janis Joplin, Myra Friedman (1973)
No Brasil: "Enterrada Viva, a biografia de Janis Joplin" - Editora Civilização Brasileira (edição esgotada)

(02) No Direction Home: The Life and Music…

Jonathan Franzen - Pureza

Imagem
Jonathan Franzen - Pureza - Editora Companhia das Letras - 616 páginas - Tradução de Jorio Dauster - Lançamento no Brasil: 25/05/2016.
Em seu mais recente lançamento, o americano Jonathan Franzen corre novamente os riscos de escrever um romance de seiscentas páginas em contraste com a tendência atual, principalmente no Brasil, de narrativas curtas e em geral de autoficção, estilo que possibilita uma estratégia editorial de melhor retorno financeiro e de maior frequência de exposição do autor na mídia. Neste seu quinto romance, após os premiados "As Correções" (2001) e "Liberdade" (2010), Franzen mais uma vez trabalha na contramão dessa lógica, provando que ainda existe espaço para a boa e velha instituição do romance realista em pleno século XXI. 

Não por acaso ele foi escolhido em 2010 para a capa da revista Timecom a alcunha "Great American Novelist" (o que o coloca na companhia de alguns poucos grandes escritores que receberam tal distinção: Salinger, Na…
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...