Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2017

As 20 obras mais importantes da literatura japonesa

Imagem
'
O Japão é um país que se orgulha do passado, preservando a cultura e as tradições locais mas, ao mesmo tempo, completamente seduzido pela modernidade e a tecnologia de ponta. É claro que os autores japoneses, como não poderia deixar de ser, refletem esse estado de equilíbrio que a sociedade mantém entre passado e futuro. Alguns, como Haruki Murakami, incorporam elementos da cultura ocidental ao cotidiano de seus personagens em cidades globalizadas, o que explica o sucesso de seus romances não só no país de origem, mas também em todo o mundo. A boa notícia para os leitores ocidentais é que a literatura nipônica não se resume somente a Murakami. Alguns livros desta seleção já foram postados aqui no Mundo de K, neste caso acrescentei os links para as resenhas completas. Conheça um pouco mais sobre esses escritores e suas obras fascinantes em ordem cronológica de lançamento.

(01) O Livro do Travesseiro (1002) - Sei Shônagan (966-1025)

Pouco se sabe sobre a vida da escritora Sei Shônag…

Roberto Bolaño - O espírito da ficção científica

Imagem
Roberto Bolaño - O espírito da ficção científica - Editora Companhia das Letras - 184 Páginas - Tradução de Eduardo Brandão - Lançamento no Brasil: 03/02/2017.
Em dezembro do ano passado, durante a Feira do Livro de Guadalajara, Lautaro Bolaño, filho de Roberto Bolaño (1953-2003), e Carolina López, sua viúva, participaram do lançamento de "O espírito da ficção científica", ambientado na Cidade do México nos anos 1970, mas escrito em Blanes, Espanha, em 1984, conforme atesta a assinatura de Bolaño no manuscrito original. A obra faz parte de um legado literário de mais de 14.000 páginas, entre cadernos, pastas e cartas, deixado pelo escritor chileno, que é considerado o mais influente da literatura espanhola contemporânea. Não há como fugir da antiga discussão sobre a validade de herdeiros lançarem no mercado obras inéditas que não foram devidamente finalizadas e aprovadas pelos próprios criadores, como é o caso deste romance. Na verdade, Bolaño, que morreu com apenas 50 anos, …

Elena Ferrante - História de quem foge e de quem fica

Imagem
Elena Ferrante - História de quem foge e de quem fica: Tempo intermédio - Série Napolitana, terceiro romance - Editora Globo, Biblioteca Azul - 416 páginas - Tradução: Maurício Santana Dias - Lançamento no Brasil: 19/10/2016.

O curioso nesta tetralogia napolitana de Elena Ferrante é que cada volume consegue  superar o anterior, tanto em termos de cuidado na construção dos personagens quanto pela fluência da narrativa, provocando um delicioso estado de ansiedade no leitor pelo próximo lançamento da série. Após os dois ótimos primeiros volumes: "A amiga genial" e "História do novo sobrenome", respectivamente sobre a infância e juventude de Lila Cerullo e Elena Greco (sigam os links para as duas resenhas), este terceiro romance é focado na fase adulta das amigas e nos muitos obstáculos que a vida traz para ambas, principalmente durante os anos setenta, um período conturbado da história da Itália, conhecido como "Anos de chumbo", que foi marcado por conflitos…

Cartas de amor

Imagem
Vita Sackville-West (1892-1962) foi uma grande poeta, romancista e paisagista inglesa. No entanto, será sempre lembrada por ter tido um longo caso com Virgina Woolf (1882-1941) e inspirado uma das maiores obras da literatura ocidental, "Orlando". Desta relação ficaram muitas cartas de amor resgatadas no livro "The Letters of Vita Sackville-West to Virginia Woolf". Um belo exemplo de 1926, carta escrita na Itália, depois de uma primeira separação entre as duas, foi publicada no site da Paris Review; um texto que inicia com a seguinte confissão de Vita: "Estou reduzida a uma coisa que quer Virginia", simples e essencial. Ela não podia competir com o refinamento literário de Virginia, mas conseguiu atingir a beleza dos textos apaixonados. Segue abaixo em tradução minha para o português, assim como o texto original.Estou reduzida a uma coisa que quer Virgínia. Eu escrevi uma linda carta para você nas horas de pesadelo insones da noite, e tudo se foi: eu só si…

Arthur Conan Doyle - O livro de Moriarty

Imagem
Arthur Conan Doyle - O livro de Moriarty - Editora Companhia das Letras - Selo Penguin Companhia - 416 páginas - Tradução e Introdução de José Francisco Botelho - Lançamento: 03/02/2017.

Arthur Conan Doyle (1859-1930) criou um dos personagens mais famosos da literatura ao publicar um conjunto de quatro romances e 56 contos, chamado de Cânone pelos ardorosos fãs, sobre o carismático detetive Sherlock Holmes e seu fiel amigo e escudeiro Dr. Watson. No entanto, Doyle tornou-se uma espécie de prisioneiro da sua própria criação, que consumia todo o seu tempo e o impedia de se dedicar a outros projetos literários, como confessou em uma carta de 1891 à sua mãe: "Estou cansado de ouvir o nome de Sherlock Holmes. Ele pertence a um estrato inferior de criação literária. Como prova de minha resolução, estou decidido a matá-lo". E, de fato, criou um vilão à altura do famoso investigador e capaz de eliminá-lo, um personagem que se transformaria em arqui-inimigo e espelho do mal, definido …

Os 20 fotógrafos de rua mais influentes de 2017

Imagem
A fotografia de rua é uma categoria muito peculiar do fotojornalismo ou fotografia documental que prioriza a espontaneidade em lugar da técnica e tem obtido grande valorização com a revolução digital e a tecnologia dos smartphones uma vez que, hoje, praticamente sempre há um fotógrafo de plantão em qualquer lugar do mundo e em qualquer momento. Entretanto, isto não quer dizer que os fotógrafos desta modalidade não utilizem o equipamento clássico de fotografia, muito pelo contrário, muitos deles ainda fazem uso das clássicas máquinas portáteis de 35mm como a Leica. A história da fotografia documental marcou o século XX com grandes nomes que retrataram a sociedade da época com sensibilidade e até mesmo humor, tais como: Robert Doisneau (1912-1994), Werner Bischof (1916-1954), Kurt Klagsbrunn (1918-2005) e Henri Cartier Bresson (1908-2004), para citar somente alguns.

A revista digital Street Hunters costuma promover anualmente uma votação com os seus leitores para eleger os 20 fotógrafos …
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...