Confissões - Charles Bukowski

Literatura norte-americanaCharles Bukowski (1920-1994) foi romancista, contista e poeta genial e também alcoólatra, jogador e vagabundo. Não conseguiu se enquadrar no mundo, mas representou como poucos a brutalidade da essência humana.

Frequentemente é confundido com escritores da geração "beatnik" como Ginsberg, Kerouac ou Ferlinghetti, mas na verdade antecede em muito este movimento, fazendo os autores citados parecerem ingênuos.

O poema "confession" foi publicado originalmente no livro "The last night of the Earth poems" de 1992 e também pode ser encontrado na edição bilíngue da Bertrand Brasil de 2003: "Os 25 melhores poemas de Charles Bukowski", traduzido por Jorge Wanderley.


Confession

waiting for death
like a cat
that will jump on the
bed

I am so very sorry for
my wife

she will see this
stiff
white
body

shake it once, then
maybe
again:

“Hank!”

Hank won´t
answer.

it´s not my death that
worries me, it´s my wife
left with this
pile of
nothing.

I want to
let her know
though
that all the nights
sleeping
beside her

even the useless
arguments
were things
ever splendid

and the hard
words
I ever feared to
say
can now be
said:

I love
you.
2 comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Os 20 melhores sites literários na internet

As 20 melhores distopias da literatura

Os meninos da rua Paulo - Ferenc Molnár

As 20 melhores utopias da literatura

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

Explicação da Eternidade, um poema de José Luís Peixoto