Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2011

20 Melhores Blogs de Fotografia pela Revista LIFE

Imagem
A revista LIFE divulgou os 20 melhores Blogs de Fotografia. A  seleção  é uma iniciativa inédita da revista, conhecida pelas suas fotografias históricas, e que acabou levando em consideração grandes organizações do jornalismo internacional e também a criatividade de blogs menores. Foram analisados pelos organizadores da LIFE aproximadamente 300 dos blogs mais populares nas áreas de fotografia e fotojornalismo. Vejam a seguir  a relação completa dos vencedores com tradução livre da apresentação publicada pela LIFE para cada blog e não esqueçam de guardar os links em seus favoritos.
BagNews Notes - Michael Shaw,  editor e fundador deste blog, é um psicólogo, o que parece ser apropriado considerando a profundidade de análise que o blog apresenta com relação às fotografias e vídeos do noticiário diário. Examinando os menores detalhes, aparentemente banais, de uma imagem (parte de um site maior que promove discussões interativas sobre a fotografia original) cumpre a sua missão de "le…

Thomas Pynchon - Vício Inerente

Imagem
Thomas Pynchon - Vício Inerente - Editora Companhia das Letras -  464 páginas - Tradução de Caetano W. Galindo - lançamento 22/11/2010 (ler aqui trecho em pdf disponibilizado pela editora).
Vencedor do National Book Awards de 1974 com o romance O "Arco-Íris da Gravidade", o norte-americano Thomas Pynchon já tem o seu nome consolidado entre os maiores escritores contemporâneos em língua inglesa. Harold Bloom chegou a compará-lo com  autores do nível de Don DeLillo, Philip Roth e Cormac McCarthy. A fama de recluso e inacessível, já que nunca concede entrevistas, foi mantida por Thomas Pynchon durante muitos anos e essa técnica de marketing, intencional ou não, também ajuda bastante na divulgação de seus principais romances: O Leilão do Lote 49, Mason e Dixon e Vineland, todos já publicados no Brasil pela Companhia das Letras.

Neste seu último romance, Vício Inerente, Pynchon criou um personagem desconcertante, inspirado nos livros de literatura policial de Dashiel Hammet e R…

Vicente Aleixandre - Poemas de la consumación

Imagem
O poeta espanhol Vicente Aleixandre (1898-1984), mesmo tendo sido premiado com o Nobel de Literatura em 1977, não é tão divulgado quanto Federico García Lorca, morto durante a guerra civil espanhola e também integrante da geração de 27 com Rafael Alberti, Luis Cernuda, Jorge Guillén, Pedro Salinas, Dámaso Alonso e Gerardo Diego. 

Algumas vezes Vicente Aleixandre é citado como um poeta do movimento surrealista, mas o próprio declarou que nunca se sentiu um poeta surrealista "porque nunca acreditou no estritamente onírico, na escrita 'automática', na sua consequente abolição da consciência artística".
A poesia de Vicente Aleixandre em sua última fase é marcada pelo livro Poemas de la consumación de 1968 em que o autor escreve sobre o amor e a juventude, a velhice e a morte. A consumação de que os poemas tratam nesta obra é justamente a morte e o difícil conhecimento que o homem atinge na velhice, na certeza do seu próximo e inevi…

20 citações sobre as dificuldades do amor na literatura

Imagem
Sempre existe uma forma diferente de escrever sobre um mesmo assunto, principalmente se considerarmos as características de cada época e estilo, ainda mais para um tema tão recorrente como as dificuldades do amor, é surpreendente constatar as diversas e criativas abordagens de autores na literatura de Shakespeare até Woody Allen.
(01) "O amor sendo cego, os enamorados não podem ver as loucuras que cometem."
        William Shakespeare (1564-1616);

(02) "Não se poderia descobrir a arte de se fazer amar por sua própria mulher?"
Jean de La Bruyère (1645-1696);

(03) "No homem, o desejo gera o amor. Na mulher, o amor gera o desejo."
        Jonathan Swift (1667-1745);

(04)  "Quando o homem ama a mulher, fala muito com ela, e sobre ela; quando deixa de a amar, fala com ela sobre ele."Johann Goethe (1749-1832)

(05) "Quando nos apaixonamos, começamos por nos iludir e acabamos iludindo aos outros. É isto que chamam de romance." - Oscar Wil…

Henry James - A outra volta do parafuso

Imagem
Henry James - A outra volta do parafuso - Editora Companhia das Letras - Selo Penguin Companhia - 200 páginas - Tradução de Paulo Henriques Britto - Posfácio de David Bromwich - lançamento 01/07/2011.

Publicado originalmente em 1898 este pequeno romance, ou novela, de Henry James (1843 - 1916) logo se tornou um clássico e precursor da literatura de horror.  No entanto,  diferente  de outros autores(as) em língua inglesa que provavelmente o influenciaram como Edgar Allan Poe (1809 - 1849) e Mary Shelley (1797 - 1851), o seu estilo é menos explícito e mais psicológico, se concentrando na relação e nos efeitos  do sobrenatural com seus personagens. Como sempre a bem cuidada edição do Selo Pengin Companhia valoriza o livro com cronologia e posfácio de David Bromwich, professor de literatura da Universidade de Yale e crítico da The New York Review of Books.
A narrativa de A outra volta do parafuso é construída de forma indireta através da leitura de um manuscrito deixado por uma governa…

Cadernos de Literatura

Imagem
Em continuidade ao projeto de digitalização da série Cadernos de Literatura Brasileira o Instituto Moreira Salles disponibilizou as edições de Guimarães Rosa, João Cabral de Melo Neto, Ignácio de Loyola Brandão e Márcio Souza. A série apresenta entrevistas, ensaios, depoimentos, manuscritos inéditos e registros fotográficos sobre os principais autores brasileiros. Como as edições impressas são especiais em tiragem limitada e, portanto, custo elevado, esta é uma excelente iniciativa que deve ser divulgada.
O Instituto Moreira Salles (IMS) é uma entidade civil sem fins lucrativos que tem por objetivo promover programas culturais nas áreas de fotografia, literatura, cinema, artes plásticas e música brasileira. O projeto de digitalização foi iniciado em maio de 2011 com as edições de Carlos Heitor Cony, Clarice Lispector, Érico Veríssimo e Millôr Fernandes (ler aqui postagem do Mundo de K).

Granta - Os melhores jovens escritores brasileiros

Imagem
A Granta em português, publicada pelo selo Alfaguara, Editora Objetiva, iniciou processo de seleção para lançar, em julho de 2012, durante a próxima Flip, uma edição especial com os melhores jovens escritores brasileiros a ser publicada em traduções no Reino Unido em outubro de 2012 e nos países de língua espanhola em 2013.

Esta  edição deverá seguir o padrão da Granta inglesa. Desde 1983, a cada dez anos a  revista publica um número intitulado Os melhores jovens escritores britânicos. A mesma ideia foi aplicada em 1996 e 2006 em edições dos melhores jovens escritores norte-americanos e, em 2010, com os melhores jovens escritores em língua espanhola (publicado em tradução no Brasil na edição N° 7 da Granta em português).

Para se inscrever é necessário ter menos de 40 anos de idade, publicado ou assinado contrato para publicar obra de ficção e enviar à revista um conto ou trecho de romance, inéditos. Não serão considerados textos de não ficção, ensaio ou poesia. As inscrições, ab…

J.M. Coetzee - Mecanismos Internos

Imagem
J.M. Coetzee - Mecanismos Internos - Ensaios sobre literatura (2000 - 2005) - Tadução de Sergio Flaksman - 360 páginas - Editora Companhia das Letras - Lançamento 2011  (ler aqui trecho em pdf disponibilizado pela editora).
O que podemos esperar de um livro que reúne críticas literárias escritas por um autor que foi vencedor do Nobel de literatura em 2003 e também de dois prêmios Booker Prize com "Vida e Época de Michael K" em 1983 e "Desonra" em 1999. Eu certamente esperava muito, em parte por considerar o sul-africano John Maxwell Coetzee um dos melhores ficcionistas vivos da atualidade e também pela expectativa de conhecer os tais mecanismos que poderiam ter influenciado na formação da sua obra. No entanto, o que mais me surpreendeu nas resenhas de Coetzee foi justamente a simplicidade e até mesmo humildade com que  desenvolveu os 21 textos integrantes deste Mecanismos Internos. Nenhum malabarismo intelectual ou estrelismo tão característico de alguns crític…

Vencedores do Prêmio São Paulo de Literatura 2011

Imagem
Rubens Figueiredo foi o vencedor da quarta edição do Prêmio São Paulo de Literatura 2011 com o romance Passageiro do fim do dia e Marcelo Ferroni ficou com o prêmio de melhor livro do ano de autor estreante com Método prático da guerrilha, ambos da Editora Companhia das Letras.
Passageiro do fim do dia conta a história de um homem preso em um engarrafamento, que pensa sobre sua vida durante sua viagem de ônibus do centro de uma cidade grande até a periferia.  Já  Método prático da guerrilha toma como base dados históricos para criar uma narrativa de ficção sobre um período na vida de Che Guevara.
Cada escritor receberá um prêmio no valor de R$ 200 mil. A premiação é organizada pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo e contempla obras lançadas em 2010. Ver aqui a relação dos dez finalistas de cada categoria.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...