e. e. cummings - análise do poema "1(a"

poesia

Somente Augusto de Campos poderia traduzir e comentar o mais experimental e moderno poeta de todos os tempos, o americano e. e. cummings (1894-1962), por sinal um precursor do uso das letras minúsculas em seu nome, assim como valter hugo mãe no início de sua carreira. Utilizo como referência para esta postagem a edição bilíngue de 1986 da editora brasiliense que reúne 40 poemas traduzidos e a análise abaixo de Augusto de Campos.

Na poesia de Cummings o aspecto visual e a composição tipográfica do poema são parte fundamental do trabalho, seja pela posição e deslocamento das palavras, sinais de pontuação, espaços em branco ou por meio do número de letras e linhas que influenciam diretamente no ritmo do poema. Todas essas características fazem da poesia de Cummings um desafio praticamente intransponível para qualquer tradutor.

O poema "1(a" ou "a leaf falls on loneliness", como também é conhecido, pode ser uma ótima introdução para a linguagem cummingsiana. Este trabalho, publicado quando Cummings tinha 64 anos no livro "95 poems", é composto por apenas uma palavra e uma frase: loneliness (solidão) e a leaf falls (uma folha cai). A palavra e a frase se opõem uma a outra como o conceito subjetivo (loneliness) e a imagem objetiva (a leaf falls), com o mesmo número de letras.

A composição é organizada em grupos de linhas, com a alternância de 1 e 3 linhas. O tipo dos caracteres "1" e "f" (principalmente no tipo com serifa , times new roman) representam uma ambivalência que é parte fundamental do contraste com "alone" (só), "one" (um) e "oneliness" (unicidade). Finalmente, como destaca Augusto de Campos: "através do recorte das linhas, o poeta representa o movimento da folha caindo — o '1' que vem da primeira linha, passando pelos 'ff' subsequentes —, rodopiando na inversão das letras 'af' (final de 'leaf') e 'fa' (início de 'fall') até desaparecer na última linha".

Bem, sem maiores introduções ou "intraduções" como brincou Augusto de Campos, vamos ao poema "1(a" ou "a leaf falls on loneliness":
l(a

le
af
fa

ll

s)
one
l

iness
Referência: Editora Brasiliense, 1986, 146 páginas - 40 poem(a)s de e. e. cummings
10 comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 melhores resenhas do Mundo de K em 2017

As 20 melhores distopias da literatura

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 obras mais importantes da literatura francesa

Fernando Morais - Corações Sujos

Vencedores do Prêmio Jabuti 2017