20 romances eróticos que se tornaram clássicos

Literatura erótica

Em conformidade com o recente interesse do mercado editorial em publicações eróticas, especialmente devido a uma certa trilogia de muito sucesso na tonalidade cinza, selecionei alguns clássicos muito bem escritos sobre este tema sempre presente na literatura universal. A ordem de aparecimento, como sempre, é apenas cronológica.

(01) Decameron (1352) - Giovanni Boccaccio (1313 - 1375);

(02) Moll Flanders (1722) - Daniel defoe (1660 - 1731);

(03) Fanny Hill (1748) - John Cleland (1709 - 1789);

(04) As Relações Perigosas (1782) - Choderlos de Laclos (1741 - 1803);

(05) Os 120 dias de Sodoma (1785) - Marquês de Sade (1740 - 1814);

(06) Madame Bovary (1857) - Gustave Flaubert (1821 - 1870);

(07) A Vênus das Peles (1870) - Leopold von Sacher-Masoch (1836 - 1895);

(08) Autobiografia de uma Pulga (1887) - Anônimo;

(09) Breve Romance de Sonho (1926) - Arthur Schnitzler ( 1862 - 1931);

(10) O amante de Lady Chatterley (1928) - D.H. Lawrence (1885 - 1930);

(11) História do Olho (1928) - Georges Bataille (1897 - 1962);

(12) Voragem (1930) - Junichiro Tanizaki (1886 - 1965);

(13) Trópico de Câncer (1934) - Henry Miller (1891 - 1980);

(14) Lolita (1955) - Vladimir Nabokov (1899 - 1977);

(15) Asfalto Selvagem: Engraçadinha (1959) - Nelson Rodrigues (1912 - 1980);

(16) A casa das Belas Adormecidas (1961) - Yasunari Kawabata (1899 - 1972);

(17) Delta de Vênus (1978 - póstumo) - Anaïs Nin (1903 - 1977);

(18) O Amante (1984) - Margarite Duras (1914 - 1996);

(19) Os Cadernos de Don Rigoberto (1997) - Mario Vargas Llosa (1936 - );

(20) A Casa dos Budas Ditosos (1999) - João Ubaldo Ribeiro (1941 - ).

14 comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 obras mais importantes da literatura argentina

As 20 melhores distopias da literatura

As 20 melhores utopias da literatura

Objeto de Desejo

Os meninos da rua Paulo - Ferenc Molnár

My Question for Myself