Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2014

Banana Yoshimoto - Kitchen

Imagem
ã Banana Yoshimoto - Kitchen - Editora faber and faber - 150 páginas - tradução de Megan Backus - lançamento original 1988 (publicado no Brasil em 1995 pela editora Ediouro, selo Nova Fronteira).

Mahoko Yoshimoto ou Banana Yoshimoto, como ficou mundialmente conhecida, é filha do filósofo e poeta Takaaki Yoshimoto. Ela soube utilizar com inteligência as referências culturais do ocidente em seus romances para falar dos problemas da juventude no Japão moderno e, juntamente com Haruki Murakami, foi uma das grandes responsáveis pela divulgação da literatura contemporânea japonesa. A autora ainda é pouco conhecida no Brasil, dela a Editora Estação Liberdade já lançou "Tsugumi", tradução de Lica Hashimoto (ler aqui resenha do Mundo de K). "Kitchen", publicado originalmente em 1988, é o primeiro livro de Yoshimoto e foi traduzido e lançado no Brasil pela Editora Nova Fronteira, mas está fora de catálogo atualmente.

Banana Yoshimoto começou a escrever "Kitchen" enqua…

Longlist do Man Booker Prize 2014

Imagem
Pela primeira vez em sua história o Man Booker Prize considerou não somente autores da comunidade britânica, mas também de outros países, desde que a obra tenha sido escrita em inglês. A "Longlist" deste ano é composta de quatro escritores norte-americanos, um australiano, além de seis britânicos e dois irlandeses. Segue abaixo a relação dos romances selecionados e autores, para maiores detalhes seguir os links para a Organização Man Booker Prize. "To rise again at a decent hour", Joshua Ferris (EUA) "The narrow road to the deep north", Richard Flanagan (Austrália) "We are all completely beside ourselves", Karen Joy Fowler (EUA) "The blazing world", Siri Hustvedt (EUA) "J", Howard Jacobson (Reino Unido) "The wake", Paul Kingsnorth (Reino Unido) "The bone clocks"David Mitchell (Reino Unido) "The lives of others"Neel Mukherjee (Reino Unido) "Us", David Nicholls (Reino Unido) "The dog"

Alice Munro - Dear Life

Imagem
Alice Munro - Dear Life - 319 páginas - Editora Vintage International, divisão da Random House - lançamento 2012 (publicado no Brasil pela Companhia das Letras em 2013 como "Vida Querida", tradução de Caetano Galindo - ler aqui um trecho disponibilizado pela editora).
Difícil encontrar paralelo na literatura contemporânea para o trabalho da canadense Alice Munro, prêmio Nobel de literatura 2013. Ela já lançou várias coletâneas de contos, com histórias lentas e ambientadas em cidades do interior do Canadá, inspiradas na vida de gente comum, mas nem por isso de simples entendimento (como a vida nunca é). Na verdade, seus textos são densos, não lineares, com pouca ação narrativa e foco na construção psicológica dos personagens, normalmente mulheres, que reagem a situações inusitadas. Dear Life, segundo a própria autora declarou, será seu último livro, reunindo alguns contos publicados em revistas literárias especializadas como: Harper´s Magazine, New Yorker e Granta, entre outra…
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...