Péter Esterházy (1950–2016)

Foto Balogh Zoltán - MTI
Foto Balogh Zoltán - MTI
"As palavras são sempre insuficientes e nós podemos sempre tomá-las como esperança. Mas contra a morte elas não ajudam. Talvez possam servir contra a dor que se sente em relação à morte. Mas a literatura não é um meio de curar a dor, como uma aspirina contra a dor de cabeça. A literatura não é prática, mas perigosa." - Entrevista à Folha durante a FLIP 2011
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

A arte de escrever crônicas

As 20 melhores distopias da literatura

Explicação da Eternidade, um poema de José Luís Peixoto

O Idiota - Fiódor Dostoiévski

As 20 melhores utopias da literatura

Jonathan Shaw - Scab Vendor