As ilustrações mágicas de Pablo Auladell

Ilustração de Pablo Auladell para "La feria abandonada" (2013)
Ilustração de Pablo Auladell para "La feria abandonada" (2013)
O ilustrador espanhol Pablo Auladell é formado em filologia inglesa pela Universidade de Alicante e ganhou este ano o prêmio "Nacional del Cómic" pelo seu ambicioso trabalho "El paraíso perdido" que o júri do Ministério Cultura da Espanha considerou como de "grande valor artístico e força visual" na recriação do poeta clássico Inglês John Milton do século XVII. As suas imagens, que valorizam qualquer obra literária, são de uma rara beleza e estilo único, atingindo logo aquela região mágica e desconhecida do nosso inconsciente e ganhando o status de obras de arte.

Ilustração de Pablo Auladell para "La Puerta de los Pájaros" (2015)
Ilustração de Pablo Auladell para "La Puerta de los Pájaros" (2015)
Seja por meio de ilustrações para adaptações de obras clássicas como "El Paraíso Perdido" (John Milton), "Las aventuras de Huckleberry Finnn" (Mark Twain)  e "La leyenda del Santo Bebedor" (Joseph Roth) ou de projetos contemporâneos como "La feria abandonada" (texto de Barbara Fiore), os desenhos originais de Pablo Auladell sempre se destacam. Ele já ilustrou mais de trinta álbuns, romances e quadrinhos e seus trabalhos têm sido exibidos em galerias e feiras em Madrid, Barcelona, ​​Roma, Bolonha e Genebra. Para conhecer mais sobre as obras do artista espanhol de Alicante, assim como suas entrevistas e bibliografia, visitem o blog pessoal Vadé l'acrobatpágina oficial ou a página no facebook.

Ilustração de Pablo Pablo Auladell para "La leyenda del Santo Bebedor" (2014)
Ilustração de Pablo Pablo Auladell para "La leyenda del Santo Bebedor" (2014)
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Fernando Morais - Corações Sujos

Tianjin Binhai Library, a mais nova biblioteca da China

As 20 melhores distopias da literatura

19ª Festa do Livro da USP

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 obras mais importantes da literatura francesa