20 frases que mostram como o xadrez não é um jogo

Bobby Fischer
Bobby Fischer em Nova York, 1962.
Carl Mydans - LIFE Picture Collection/Getty Images

O romantismo contido nos jogos de xadrez, desde muito cedo, me fascinou. Mas afinal, seria o xadrez apenas um jogo? Esta definição parece muito simplista para o que de fato é uma atividade profundamente intelectual. No entanto, não é possível classificar o xadrez como arte, ciência ou esporte. Ele contém elementos dessas três categorias, e mesmo assim continua sendo um jogo. Cada lance envolve vantagem e desvantagem. Você deve abrir mão de algo para obter outra coisa em troca. Logo, em um sentido amplo, toda jogada é cruel e envolve algum sacrifício.

Foi calculado que o número que representa os diferentes caminhos para jogar os primeiros dez lances de cada lado do tabuleiro (não uma partida inteira) atinge o valor de 169.518.829.100.544.000.000.000.000.000 ou 170 setilhões. Deduz-se assim que, se cada homem, mulher e criança sobre a face da terra jogassem xadrez sem parar, à razão de um lance por minuto, levaria cerca de 217 bilhões de anos para serem esgotadas todas as combinações possíveis. Ainda assim, Grandes Mestres conseguem derrotar computadores (cada vez menos).


De qualquer forma, o mais surpreendente no "jogo dos reis" não é a característica de ciência matemática, mas sim a abordagem humana na similaridade com algumas situações de nossas vidas, algo parecido com o que ocorre com os textos de ficção na literatura. Consta que Machado de Assis foi um excelente jogador. Uma partida de xadrez pode parecer uma atividade tediosa para leigos que desconheçam a intensa concentração, determinação e pressão psicológica envolvidas, principalmente em competições oficiais. Isso fica muito claro em cada uma das citações abaixo, de escritores ou Grandes Mestres.

(01) "O xadrez é muita ciência para ser jogo e muito jogo para ser ciência" - Michel de Montaigne (1533-1592)

(02) "Os computadores são os únicos desafiantes que não têm uma desculpa na ponta da língua quando eu os derroto" - Bobby Fischer (1943-2008) - Grande Mestre, oito vezes campeão americano, campeão mundial de 1972 a 1975.

(03) "A ameaça é mais forte que sua execução" - Aaron Nimzowitsch (1886-1935) - Grande Mestre, mas não conseguiu vencer Capablanca e Alekhine.

(04) "O xadrez é como a vida" - Boris Spassky (1937- ) - Grande Mestre campeão mundial de 1969 a 1972.

(05) "A vida é uma espécie de xadrez" - Benjamin Franklin (1706-1790)

(06) "Quando você vê uma boa jogada, procure uma melhor" - Emanuel Lasker (1868-1941) - Grande Mestre, campeão mundial por 27 anos, de 1894 a 1921.

(07) "A melhor defesa é um contra-ataque" - Reuben Fine (1914-1993) - Grande Mestre, sete vezes campeão americano.

(08) "No xadrez, aprende-se mais de uma partida perdida do que cem ganhas" - José Raúl Capablanca (1888-1942) - Grande Mestre, campeão mundial de 1921 a 1927.

(09) "Os peões são a alma do xadrez" - François-André Danican Philidor (1726-1795) - Músico e famoso jogador de xadrez de sua época.

(10) "O jogo mais difícil de ganhar é um jogo vencido" - Emanuel Lasker (1868-1941) - Grande Mestre, campeão mundial por 27 anos, de 1894 a 1921.

(11) "Ninguém nunca ganhou um jogo desistindo" - Savielly Tartakower (1887-1956) - Grande Mestre e jornalista.

(12) "Cada peão é uma rainha em potencial" - James Mason (1849-1905) - Grande Mestre e jornalista.

(13) "Mesmo um plano ruim é melhor do que nenhum plano" - Mikhail Chigorin (1850-1908) - Grande Mestre, fundador da escola russa de xadrez.

(14) "O casamento é como um jogo de xadrez, exceto que o tabuleiro está vazando água, as peças são feitas de fumaça e nenhum movimento que você faça terá algum efeito sobre o resultado" - Jerry Seinfeld (1954- )

(15) "Não é preciso jogar bem. É suficiente jogar melhor que o seu oponente" - Siegbert Tarrasch (1862-1934) - Grande Mestre.

(16) "Na vida, como no xadrez, é sempre melhor analisar os motivos e as intenções de alguém" - Vladimir Nabokov (1899-1977)

(17) "No xadrez, como na vida, o adversário mais perigoso é você mesmo" - Vasily Smyslov (1921-2010) - Grande Mestre, campeão mundial de 1957 a 1958.

(18) "No xadrez, como na vida, o melhor lance é sempre o que é realizado" - Siegbert Tarrasch (1862-1934) - Grande Mestre.

(19) "Nenhum Grande Mestre é normal, a única coisa que difere um do outro é o tipo de loucura" - Victor Korchnoi (1931-2016) - Grande Mestre, quatro vezes campeão soviético, mas não conseguiu vencer Karpov pelo título mundial.

(20) "Eu não sou um tipo de louco. Eu posso ser muito bom no xadrez, mas eu sou apenas uma pessoa normal" - Magnus Carlsen (1990- ) - Grande Mestre, campeão mundial desde 2013.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 melhores resenhas do Mundo de K em 2017

As 20 melhores distopias da literatura

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 obras mais importantes da literatura francesa

Fernando Morais - Corações Sujos

Vencedores do Prêmio Jabuti 2017